Desabafo Online

Data: 18/04/2018

De: Renato

Assunto: Nada mais faz sentido

Eu conquistei quase tudo que almeja, estou cursando uma das faculdade que desejava, porém ainda quero terminar Psicologia que é o que nasci para fazer.
Só que depois de testar o ser humano ao máximo, me deparei que nem mesmo uma criança está isenta da ganância humana, preferindo ver você ao chão, só para que não se levante com medo de ser esquecida. Testei várias crianças e todos levaram ao mesmo princípio. Perdi um pouco do sentido, pois o que eu mais temia é real. Geralmente tenho facilidade de saber mais sobre as pessoas do que elas mesmas, o que causa espanto para quem escuta. Sempre tenho a solução para modificar vidas e perceber através de uma percepção aguçada, como as pessoas são. O problema é que ninguém consegue fazer o mesmo por mim, digo me ajudar, não por não tentarem, mas por não conseguirem, o que leva a ninguém consegui me descrever também por dizerem que sou enigmático.
O que fazer quando o sentido é incerto e a morte parece o certo?
A dor é uma parte de quem somos, se fugirmos dela, estaremos fugindo de nós mesmo e nunca nos encontraremos. Então o que fazer quando o que se teme é real e ainda mais quando se depara que nada mais faz sentido, sem ter a vontade de lutar ou mesmo continuar?
Ainda há esperança para quem parece ter perdido a fé?

Data: 18/04/2018

De: manuela

Assunto: Re:Nada mais faz sentido

''Só que depois de testar o ser humano ao máximo, me deparei que nem mesmo uma criança está isenta da ganância humana, preferindo ver você ao chão, só para que não se levante com medo de ser esquecida. Testei várias crianças e todos levaram ao mesmo princípio.''
Ora, 'conhecer' a alma humana não deveria ser motivo de perda de fé, mas alegria por entender-se mais e por mais aprender a lidar consigo e com o seu próximo.
Há mais características, aliás, não sendo o ser humano apenas um poço de egoismos. Um bom profissional de psicologia deveria já ter entendido que as coisas não são tão assustadoras nem inadministráveis, e nem que a aklma humana se compõe apenas de um aspecto.

Data: 18/04/2018

De: manuela

Assunto: Re:Nada mais faz sentido

''Só que depois de testar o ser humano ao máximo, me deparei que nem mesmo uma criança está isenta da ganância humana, preferindo ver você ao chão, só para que não se levante com medo de ser esquecida. Testei várias crianças e todos levaram ao mesmo princípio.''
Ora, 'conhecer' a alma humana não deveria ser motivo de perda de fé, mas alegria por entender-se mais e por mais aprender a lidar consigo e com o seu próximo.
Há mais características, aliás, não sendo o ser humano apenas um poço de egoismos. Um bom profissional de psicologia deveria já ter entendido que as coisas não são tão assustadoras nem inadministráveis, e nem que a alma humana se compõe apenas de um aspecto.

Data: 17/04/2018

De: Marcos

Assunto: Sem Rumo

Ola, sou Marcos tenho 23 anos, hj me encontro sinceramente meio perdido, vou começar la atras, com 6 meses de vida que foi quando perdi meu pai de sangue, foi uma epoca dura pra minha mae, pois a familia do meu pai nao gostava dela, tiraram a casa dela, e ela ficou apenas comigo a merce, desse periodo ate os meus 3 anos de idade minha mae foi crescendo na vida, montou um bar, porem bem nessa fase dos 3 eu ainda tenho flashs de algumas funcionarias batendo coisas na minha cabeca, ou me apertando pra nao sair pro meio do salao, dai nesse periodo eu conheci o meu pai de criacao, que no comeco me cativou, kk ofereceu 1 real pra eu chamar ele de pai kk e eu aceitei, porem depois de um tempo namorando minha mae, eu via muitas brigas, eles brigavam que um tirava sangue um do outro, ele socava a cara dela, mais depois de um periodo eles resolveram fechar o bar, e viver uma vida pacata, ele trabalhava, e ela cuidava de casa, porem nessa epoca entre os 7 e os 10 anos eu fiquei sendo muito jogado de um canto para outro, eles estavam tentando construir uma vida, e eu estava no meio de tudo, sempre mudando de cidade, trocando as amizades, os amores, e os hobbies, ele tinha um jeito muito rude, grosseiro, do tipo de pessoa que humilha sem se importar o grau de parentesco, em fim o tempo foi passando, e la pros meus 15 anos eu fiquei um mes sem ir pra escola, minha mae descobriu e me bateu, porem eu tbm estava pegando moedas dela pra matar aula com dinheiro, ele estava na minha frente e na frente dela e falou que nao era meu pai e nao tinha obrigacao de me criar, e falou para minha mae me mandar pra familia do meu pai de sangue, deixei um amor pra tras, e muitos amigos queridos, comecei uma nova vida la, com minha vo era tudo bom, muitas cobrancas, mais tinha muito afeto e amor, porem la era um vilarejo entao tive que ir pra casa de um tio pra fazer o ensino medio, porem la tinha uma tia que nao me suportava, eu fazia de tudo pra ela nao ter motivos pra brigar comigo, porem quando chegava visita na casa ela comecava a me humilhar, eu nao me importava sabe, porem teve um momento que ja doia mais do que tudo, entao pedi pra minha mae pra voltar pra casa dela, dai troquei de cidade, terminei o ensino medio morando com minha mae, e logo quando entrei na faculdade, meu relacionamento com meu padrasto ja mudou, a gente ja dava uns abracos, meio timidos, mais ja estavam saindo, um pouquinho mais pra frente aos meus 20 eu fui morar junto com uma menina, eu acabei pulando a parte dos relacionamentos, todos duravam muito pouco, mais esse durou 3 anos e meio, porem quando completou 1 ano que a gente estava morando juntos meu padrasto veio a ser assassinado, e nesse 1 ano eu ja estava querendo terminar meu relacionamento, porem com a morte do meu padrasto eu fiquei anestesiado, comecei a levar minha vida como se eu estivesse so assitindo o que estava acontecendo, tentei varias vezes o termino do relacionamento, mais ainda sim eu persistia, fumo maconha e cigarro, ambos iniciados no mesmo periodo, epoca que entrei na faculdade, porem nunca fui do tipo de pessoa que procurou brigas, ou intrigas, sempre fui passifico, e nem me lembro se ja cheguei ter um inimigo, mais a maconha e o cigarro eu acho que acabaram tbm anestesiando um pouco tudo, porem nos ultimos tempo a mulher acabou engravidando, eu fiquei triste pois a noticia de ser pai nao veio da forma que eu imaginava, veio em meio ao caos que eu estava sentindo dentro de mim, eu estava bem no servico, porem de uma hora pra outra eu virei um steep, por nao me comunicar mais direito, meio que sinto medo, ou vergonha de olhar nos olhos das pessoas, comecei jiujitsu agora pra ver se dava um up mais ja tem 3 aulas que eu falto, eu chamei uma menina esse fds pra ca pra casa e fiz sexo com ela, mais isso nao me deixou feliz ou confortado, eu meio que to buscando alguma forma de me encontrar mais eh como se tivesse outra forca me puxando pra fazer coisas que tirem esse tempo que eu tenho pra pensar em mim, no inicio da separacao eu estava fazendo tudo direitinho, me alimentando direitinho, hj acabo comendo muita besteira, e o tempo todo uma voz na minha cabeca fala vai embora do brasil e comeca do zero, mais eu ando com tanto medo, medo de tudo sabe, minha faculdade esta meio que jogada de lado, meu emprego ta instavel mais nao esta como eu queria, separei de uma mulher gravida e isso me deixa culpado, acho que nao a amava, pois nao consegui conviver com os defeitos dela, acho que acabei sendo ate egoista em certos momentos, mais sempre a respeitei, hj eu to meio sem rumo, queria um conselho direto, alguma luz, pra onde ir, começar do zero? ou tentar arrumar o que esta quebrado?

Data: 17/04/2018

De: manuela

Assunto: Re:Sem Rumo

Se fez ou ainda está fazendo uso de maconha, acredite, os efeitos dela embaraçam a sua vida em todas as áreas. Nesse caso visite o site de Narcoticos Anônimos. Faça contato pelo tel em hor comercial, relate sobre a droga e o 'anestesiamento', e acolha a proposta. Não há custos e o anonimato de todos será preservado. A saida está lá, acredite.

Data: 15/04/2018

De: Tânia

Assunto: Estou a gostar de uma menina , não sei se ela está afim ou amizade

Me ajude estou confusa !!
Trabalho num café , sou uma pessoa muito fechada em relação a relacionamentos, não dou confiança a qualquer pessoa quando não a conheço pessoalmente, e o mesmo se deve no meu local de trabalho com os clientes.
Conheci uma rapariga ela é cliente habitual sempre a tratei com todos os outros mas de uns meses para cá tem acontecido umas situações diferentes. Tudo começou desde o dia que cada vez que eu a atendia ela era sempre muito simpática , sorria para mim e me encarava nos olhos , com isto começou que ela passou a meter-se na brincadeira comigo quando estava em grupo me perguntava ( se eu era sempre assim fechada ou era mesmo a minha personalidade , eu lhe disse que era assim quando nao conhecia as pessoas , que depois ficava mais solta) entretanto ela me perguntou o meu signo.
Nisto todos os dias é sempre o mesmo tratamento ela é super simpática comigo vem beber café sempre que eu estou na máquina é sempre puxa conversa .
Há situações onde muitas das vezes quando estou atende lá ela está a mexer no telefone quando está pessoas por perto quando estamos sozinhas deixa o telemóvel de lado faz brincadeiras sobre facto de saber que ela vai beber que eu não me esqueço.
Nisto ela vem com uma colega de trabalho todos os dias ela deixa a colega na mesa e vem pedir o café e fica na conversa comigo visto que a colega está na mesa sozinha .
Houve uma situação onde ela veio beber café e está pessoas por perto ela não falou e demorou a beber café quando as pessoas foram embora apareceu a colega dela a chama lá a dizer que estavam atrasadas e ela disse para ela ir andando que estava lá os outros colegas lá fora ah espera , a amiga disse mas demoras assim tanto a beber o café ela acabou por ir .
Houve um dia que ela faltou eu no outro dia perguntei se ela se tinha baldado ela disse que não que tinha ido ah consulta com a menina dela. Agora pergunto me será que são coisas da minha cabeça .? Não acho normal uma mulher estar muito íntima de outra assim .

Data: 17/04/2018

De: manuela

Assunto: Re:Estou a gostar de uma menina , não sei se ela está afim ou amizade

''Não acho normal uma mulher estar muito íntima de outra assim .''
Sinceramente, a depender da idade (inclusive emocional), nem eu.

Data: 15/04/2018

De: Alan

Assunto: solidão

ultimamente só tenho amigos virtuais pq meus amigos mesmo todos se formaram e se mudaram, então só tenho amigos virtuais e me sinto sozinho tempo todo. sem falar que jaé o 2 namoro virtual que não da certo pela distancia e ando muito triste sem saber oque fazer. eu sou bonito converso e tudo, mas enfim os pais dela não gostaram de mim e fizeram ela me bloquear e agora ando muito triste postando coisas tristes, sem falar que as vezes tenho raiva dela meso sabendo que ela desistiu de falar escondido comigo só porque isso seria errado. :(

Data: 17/04/2018

De: manuela

Assunto: Re:solidão

''tenho raiva dela meso sabendo que ela desistiu de falar escondido comigo só porque isso seria errado.''
Sinceramente que sentir raiva de uma pessoa que está fazendo o certo, amigo, é coisa bem da tangente ao insano. Só acho.

Data: 15/04/2018

De: Alline

Assunto: Uma grande dor

Sempre tive depressão mas ultimamente isso foi se agravando mais. Ultimamente estou passando por um momento muito difícil, tinha um relacionamento e do nada a pessoa parou de se importar comigo, procurei explicações e ele me disse que não me amava mais, que não me queria e que fosse um alívio se eu morresse. Pensava que ele era o meu melhor amigo, já que me sinto muito só. Vivo chorando todos os dias me perguntando aonde eu errei pra ter sido tratada assim. A cada dia percebo o quanto estou sozinha.

Itens: 1 - 10 de 83022
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário

Aqui você pode descrever seu problema!

Desabafe, e seja aconselhado(a).
Nós cuidamos do seu problema!

Descreva, deixe um Nick (Apelido), e volte ao site para ver sua resposta!