Desabafo Online

Data: 25/10/2014

De: Denise

Assunto: Nao sei o que fazer

Tenho 19 anos,casei devido a uma gravidez indesejada,e hj n sou feliz,ele e um rapaz problematico,e ao invez de me sentir como esposa,me sinto como a mae dele.O q faco

Data: 25/10/2014

De: voluntaria

Assunto: Re:Nao sei o que fazer

Skype; ajudaonline1

Você pode conversar por Skype com um voluntário do Programa de Apoio Emocional do CVV.

Aqui, como em qualquer outra forma de contato com o CVV, você é atendido por um voluntário, com respeito, anonimato, não aconselhamento, não julgamento e que guardará estrito sigilo sobre tudo que for dito.

Nossos voluntários são devidamente treinados para conversar com qualquer pessoa que procure ajuda e apoio emocional.

Data: 25/10/2014

De: denise

Assunto: Re:Re:Nao sei o que fazer

N sei como faco

Data: 25/10/2014

De: Elisa

Assunto: Tá tudo errado!

Sempre tive problemas com o peso, depois de sofrer muito procurei tratamento e consegui emagrecer, porém ultimamente tenho me sentido mais pesada, acho que voltei a engordar e nada do que eu faço pra perder peso tem ajudado. Também tenho depressão e passo a maioria do tempo triste e desanimada, as vezes tento melhorar, encontrar um motivo para ter esperança mas não consigo. Eu só penso em coisas ruins e sempre estou me lamentando, tento mudar esse meu comportamento porque sei que não é saudável, mas não consigo. Sou cheia de defeitos... minha pele é flácida, meus seios são caídos, tenho muitas estrias pelo corpo, inclusive nos braços. Me sinto a pessoa mais nojenta do mundo. Já não sei o que fazer.

Data: 25/10/2014

De: voluntaria

Assunto: Re:Tá tudo errado!

Skype; ajudaonline1

Você pode conversar por Skype com um voluntário do Programa de Apoio Emocional do CVV.

Aqui, como em qualquer outra forma de contato com o CVV, você é atendido por um voluntário, com respeito, anonimato, não aconselhamento, não julgamento e que guardará estrito sigilo sobre tudo que for dito.

Nossos voluntários são devidamente treinados para conversar com qualquer pessoa que procure ajuda e apoio emocional.

Data: 25/10/2014

De: Thiago

Assunto: Não sei o que eu gosto!

Minha vida sempre foi complicada! Sempre mudando de cidades e presenciando as brigas dos meus pais. Sempre quando via minha mãe sofrer,me sentia culpado por isso tudo, pelo fato de ter minha sexualidade estranha e de ouvir comentários maldosos das pessoas que acabavam chegando no ouvido de meus pais.Hoje me tornei uma pessoa que se culpa e se compara com tudo de ruim, estou pensando seriamente em me matar, do quer fazer alguma besteira que irá decepcionar mais ainda minha mãe.

Data: 25/10/2014

De: voluntaria

Assunto: Re:Não sei o que eu gosto!

Skype; ajudaonline1

Você pode conversar por Skype com um voluntário do Programa de Apoio Emocional do CVV.

Aqui, como em qualquer outra forma de contato com o CVV, você é atendido por um voluntário, com respeito, anonimato, não aconselhamento, não julgamento e que guardará estrito sigilo sobre tudo que for dito.

Nossos voluntários são devidamente treinados para conversar com qualquer pessoa que procure ajuda e apoio emocional.

Data: 25/10/2014

De: Wellington

Assunto: Eu acho que minha irmã se apaixonou por mim


Seguinte: Eu e minha irmã sempre fomos muito unidos, mais muito mesmo, eu tenho 17 e ela 16. Alguns parentes nossos já até chegaram a falar bobagens sobre a gente e tal. Em alguns fins de semana, minha família costuma num hotel fazenda que fica no interior. Já era de costume eu ir pra piscina e ela ir junto, estar sempre ao meu lado, principalmente porque, assim como eu, ela não namora, até porque nossos pais são muito chatos com isso, então não fica colada com ninguém. No último fim de semana, minha prima (que tem 17 anos) foi junto com a gente pro hotel, e quando a gente tava circulando por lá, minha irmã ficou com uma cara de bicho o dia todo (isso na sexta-feira). No sábado a tarde, na piscina, minha prima ficou subindo no meu ombro e pulando na água, enfim, brincadeiras de família, mas minha irmã ficou com uma cara feia e o tempo todo no quarto, mexendo no PC. A noite, ainda no sábado, tinha a festa do hotel e todos nós fomos. Na mesa que eu fiquei, sentou só eu e minha irmã, meus pais ficaram com os pais da minha prima. Quando a minha prima veio pra mesa, minha irmã falou bem assim: "Nossa... você sentou na cadeira ? Pensei que tinha vindo pra essa festa pra sentar em outra coisa...." Daí quase rolou uma briga, mas minha prima saiu fora rápido pra que nossos pais não vissem. Depois disso minha irmã saiu da festa. Eu fui atrás dela pra saber porque ela falou aquilo, quando eu estava indo em direção ao quarto dela eu vir ela na piscina. estava sentada na borda da piscina, balançando os pés na água. Eu sentei do lado dela e perguntei porque ela fez aquilo e ela não respondeu, olhou pro outro lado e parecia que ela estava chorando. Ela levantou do nada e foi pro quarto. Eu fui atrás dela e ficamos ( eu e minha irmã ) eu fui brincar com ela, pra ver se ela falava. Quando eu fui fazer cosquinha nela, ela deu risada até não aguentar mais e depois que ela ficou séria, eu estava segurando o braço dela e perguntei pq fez aquilo?, ela me olhou bem nos olhos e disse: "eu te amo" ai eu disse: "eu também magrela rs" ai ela falou: "mais amo muito, promete que vai estar sempre do meu lado?" ai eu falei que sim... Aí eu disse que ia voltar para a festa ela disse "por favor fica?" respondi que só ia ficar um pouco e depois volto, aí sai do quarto dela num clima muito esquisito, eu senti aquelas palavras muito forte, mais do que o normal. Nem fiquei na festa fui caminhar lá fora. Fiquei lá perto da piscina. Minha prima chegou e falou: "Tua irmã é louca ? Parece mais que é sua namorada ... que ciúmes idiota foi aquele ?" Eu fiquei sem resposta, só balancei a cabeça. Minha prima foi pro quarto dela e eu fiquei lá sozinho. O pior foi que tudo foi passando na minha cabeça: As vezes que minha irmã me olhava, quando ela dormia no meu quarto, sempre do meu lado na escola e nunca com as amigas, pedindo massagem nas costas, em volta de viagens ficava deitada no meu colo no carro, emfim, coisas que eu não via maldade, agora tão tudo martelando na minha cabeça. Será que minha irmã tá apaixonada por mim ?

Data: 25/10/2014

De: anna

Assunto: fama

Desde criança eu sonho em ser famosa, sabe quando voce ta no carro e ta tocando uma musica e voce se imagina em um clipe? Eu era/sou assim, só q em todas as situaçoes do dia. Ando na rua imaginando como seria se eu estivesse no tapete vermelho, em premiaçoes, ou como seria gravar um filme, fazer um show. É um sonho, mas sonhos eu sei que todos tem. Sou uma pessoa snesivel e artistica, talvez se eue trabalhasse para ser famosa conseguisse, mas existem dois poréns: vivo numa cidade de interior de um estado que por si é quase mais interior do que a cidade. Moro com meus pais ainda, acabei o colegio a pouco e tenho que trabalhar pra ajudar em casa e me bancar, nao tenho condiçoes de ir pra capital fazer algum curso que me ajude, nao tenho dinheiro pra isso, mas tenho muita vontade!
Sempre quis ser artista internacional e tals, e aí vem o segundo porém: ate pra eu ser artista nacional seria super dificil, porque o Brasil nao tem muita oportunidade na carreira artistica sabe? A gente só ve esses musicos sem conteudo, esses atores de malhaçao q se voces pararem pra pesquisar é grande parte parente de famosos. No Brasil parece que nao importa a qualidade do artista, só ele se sujeitar a fazer trabalho ridiculo ou entao ser de familia ja rica/famosa.
Eu trabalho no momento em um orgao publico e eu me sinto tao entediada. Sabe quando vc olha pra sua vida e nao se encaixa nela? É assim que eu me sinto, uma pessoa a parte, alheia as outras. Entao paro pra ver videos de famosos, ouço musica e vejo filmes e cara, esse é o MEU lugar. Sabe? É como se fosse o meu quebra-cabeça, eu achei um lugar onde essa pecinha perdida (eu) me encaixo. Quero poder atraves de arte passar uma mensagem legal pras pessoas, além de fazer o que eu gosto.
Infelizmente, isso é praticamente impossivel, e nessa minha vida que nem minha é, eu me sinto vazia e sem motivação. As vezes acho injusto falar, mas ja pensei em tirar a vida pq ela nao tem sentido? É exatamente aquela frase "eu nao vivo, eu sobrevivo". E no momento eu tenho um aperto tao grande no peito que dá vontade de chorar por saber que o meu sonho ta tao fora de alcance. :(
O que eu posso fazer pra conseguir realizar esse meu sonho? Eu nao tenho ninguem pra conversar, pra me apontar um rumo. Eu simplesmente nao aguento mais essa vida, eu quero poder finalmente SER EU fazendo O QUE EU GOSTO

Data: 25/10/2014

De: Mel

Assunto: Quando vou parar e olhar pra mim

Estou passando por um momento difícil. não tenho amigos que eu possa confiar, minha família é maravilhosa mas não é do tipo que guarda segredo, sou muito reservada. Na verdade acho que só queria um abraço, mas teria que falar sobre meus problemas até mesmo aqui onde não conheço ninguém não consigo falar. Estou passando um momento difícil no relacionamento, não é mais como antes ou nunca percebi que não era como eu pintava. As vezes sinto um total desinteresse pelo que penso e sinto. Tudo que digo é banalidade. Fico imaginando como alguém consegue se anular tanto em prol de alguém, pois foi o que fiz, todo mundo espera gratidão. Na verdade queria que algo tivesse sentido neste momento, "quero ir mais não consigo sair" . como diz a canção; quando eu vou parar e olhar pra mim. Que falta faz um abraço.

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário

Aqui você pode descrever seu problema!

Desabafe, e seja aconselhado(a).
Nós cuidamos do seu problema!

Descreva, deixe um Nick (Apelido), e volte ao site para ver sua resposta!